[ editar artigo]

Realidade aumentada na educação: como utilizar?

Realidade aumentada na educação: como utilizar?

Com o avanço da tecnologia e principalmente dos dispositivos móveis, o uso dos smartphones entre jovens é cada vez maior, se tornando praticamente indispensável. Porém, o uso desses aparelhos vem conquistando espaço gradualmente dentro da área da educação. Isso se deve à facilidade de uso e à imensa gama de possibilidades que suas aplicações podem trazer. Uma das tecnologias em alta neste meio é a realidade aumentada, já ouviu falar?

O que é realidade aumentada?

A realidade aumentada (RA) é o termo utilizado para a tecnologia que permite a interação entre ambientes virtuais e o mundo físico através de um dispositivo. Os exemplos mais famosos do uso de RA fora do ambiente educacional são os filtros do Instagram e o jogo Pokemon Go.


                              Aplicativo com realidade aumentada: Pokemon GO

Diferentemente da realidade virtual, a base de interação na RA são os ambientes físicos, nos quais elementos virtuais podem ser adicionados ao mundo para criar diferentes tipos de experiência para o usuário.

Como a Realidade Aumentada pode ser aplicada na educação?

A realidade aumentada está crescendo em popularidade nas escolas do mundo todo. Através dela, os educadores são capazes de melhorar os resultados da aprendizagem por meio de uma maior interatividade e engajamento. Por exemplo, antigamente, quando o educador precisava explicar sobre o Egito antigo, mostrava figuras na apostila ou fotos no slide. Tais recursos podem não ser suficientes para instigar a curiosidade da criança, além de não permitirem uma explicação mais detalhada sobre o tema. Usando a realidade aumentada, com apenas um celular em mãos, o aluno poderia apontar para sua apostila e ver as pirâmides em sua frente, podendo visitar seu interior ou observar sua construção. Agora, imagine o poder de trazer a realidade para perto dos alunos em todas as outras áreas da educação! Podemos visitar vulcões durante a aula de geografia ou ver um sistema respiratório em funcionamento na aula de biologia. As possibilidades são infinitas!

Este é justamente o objetivo da aplicação de RA mais famosa na área de educação, o Google Expedições. Com ele, é possível transformar conceitos difíceis de visualizar em realidade apenas utilizando um celular ou tablet.

O que mais pode ser feito?

As aplicações em realidade aumentada também podem trabalhar conceitos de lógica, matemática e pensamento computacional, tornando a aproximação com o aluno bem mais amigável e interativa. Como exemplo, podemos citar o Craftbox Code, um aplicativo que permite o usuário programar um robô virtual para cumprir desafios, utilizando peças físicas que se encaixam em um tabuleiro que torna a apresentação de conteúdos lúdica e de fácil entendimento.


                             Aplicativo com realidade aumentada: Craftbox Code

Nos dias atuais, já existem diversos exemplos de aplicações RA auxiliando no aprendizado e na aproximação do aluno com a temática abordada. Sabemos que a realidade aumentada ainda está no início de seu desenvolvimento, mas já podemos afirmar que é uma tecnologia que tem muito potencial e veio para ficar. Desde que utilizada de maneira estratégica e consciente, ela pode trazer benefícios imensuráveis e mudar para sempre a área da educação.

 


Seja membro da comunidade

Faça o login (no canto superior direito) para ter acesso a materiais exclusivos, receber avisos de novos conteúdos relevantes para você e escrever artigos autorais que serão lidos por todo o público do Camadas Educacionais.

Camadas Educacionais
Pedro Birais
Pedro Birais Seguir

Envolvido com tecnologia desde cedo, participou de diversas competições e eventos relacionados. Atualmente PO na Tenda Digital com o projeto Craftbox e capitão da equipe de robótica Tamandutech.

Ler conteúdo completo
Indicados para você